Regulamento
Capítulos:
I. Organização - Participação VII. Jogos
II. Troféus - Direção VIII. Comissão Disciplinar
III. Sistema de Acompanhamento IX. Antidoping
IV. Inscrições - Delegações - Lista de Jogadores X. Normas Econômicas
V. Uniformes XI. Coordenação prévia dos jogos
VI. Arbitragem XII. Disposições finais

Capítulo II. Troféus - Direção

ARTIGO 2

1. A Associação Nacional, cuja equipe seja vencedora do torneio, receberá a COPA AMÉRICA e uma réplica. A que ocupe o segundo lugar, a COPA BOLÍVIA.

2. A equipe campeã receberá 30 medalhas de ouro; o segundo lugar, 30 medalhas de prata; o terceiro, 30 medalhas de bronze e o quarto, 30 medalhas de cobre.

3. Todas as Associações Nacionais receberão um Diploma de participação no Torneio.

4. A posse dos troféus COPA AMÉRICA e COPA BOLÍVIA será temporária, pois deverão ser devolvidos à Confederação Sul-Americana de Futebol no momento do sorteio da seguinte edição do Torneio.

5. Em cada edição, será entregue o Troféu "FAIR PLAY", "Jogo Limpo", seguindo as regras estabelecidas pela Confederação Sul-Americana de Futebol para cada Torneio, através de seu Comitê Organizador.

ARTIGO 3

1. O Campeonato Sul-Americano COPA AMÉRICA será realizado sob a autoridade do Comitê Executivo da Confederação Sul-Americana de Futebol.

2. A administração de cada Torneio estará sob a responsabilidade de um Comitê Organizador integrado pelo:

2.1 Presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol, ou seu representante, que exercerá a Presidência.

2.2 O Secretário e o Tesoureiro da Confederação Sul-Americana de Futebol.

2.3 Um representante da Associação Nacional do país anfitrião.

3. A correspondente Associação Nacional anfitriã nomeará um Comitê Organizador Local (COL), que terá responsabilidade, em nome do Comitê Organizador e da Confederação Sul-Americana de Futebol, sobre tudo relacionado aos contratos de transporte aéreo e terrestre para as delegações, dirigentes, jogadores, árbitros e imprensa escrita, falada e televisiva. Deve prestar contas ao Comitê Organizador da Confederação Sul-Americana de Futebol de todos os tipos de receitas e despesas, que sejam executadas a título da Copa América, tal como assinalado no Item 2 do presente artigo. Mesmo assim, será responsabilidade do COL sugerir a cada uma das Associações Nacionais participantes, os possíveis lugares de alojamento, alimentação e os campos de treinamento.